Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Porque todos nós temos um Sá Leão dentro de nós (embore isso soe mal como o c*ralho...)!!!

06.01.13publicado por Gato Pardo

Hoje quero abordar um flagelo mundial.

Algo que afecta cerca de 1/4 da população mundial de uma forma tão cruel, vil e horrenda que...que...que...sei lá!

As sex tapes.

Sim, meninos e meninas. As sex tapes são o descalabro do ser humano. Antes os pais ficaram lixados quando apanhavam os filhos a fumar em casa. Depois, ficaram escandalizados quando os apanharam no quarto com um travesti sueco chamado Sven a brincar ao homem bala (!!!). La piéce de résistance final é os filhos vasculharem as VHS lá de casa à procura do Caça Polícias com o Eddie Murphy e darem de caras com a sex tape dos pais, o pai vestido de agente da autoridade e a mãe de...Eddie Murphy.

E agora perguntam vocês, porque raio apenas 1/4 da população mundial?

Bem, a verdade é que 2/4 da população já evoluiu para o DVD e o restante 1/4 ficou preso nas Beta (não, não é metáfora para pitas dondocas, eram mesmo cassetes...).

As sex tapes como tudo na vida, têm o seu lado bom e o seu lado menos bom. O bom é que provavelmente o "realizador" vai achar que tem perfil de Tim Burton e fazer uns planos marados à brava e depois ver aquilo acompanhado da cara metade e poder dizer "epá, temos de repetir este take...". A parte má é quando o "realizador" se esquece de informar antecipadamente a cara metade que está a gravar a galhofa sexual e ela depois acaba por descobrir a cassete enfiada na urna das cinzas da mãe juntamente com a areia suja da caixa do gato que ele se borrifou para deitar fora.

Actualmente diz-se que ter uma sex tape é fixe. O pessoal pensa "ora porra, se a Pamela tem uma, porque não eu?".

Bem, primeiro porque tenho sérias dúvidas que haja silicone suficiente no planeta para duas pessoas com tamanhos atributos mamários. Depois, porque sim.

Depois vem a parte pior. Há sempre o risco de encontrar a bisavó esparramada no sofá da sala na véspera de Natal a olhar para a televisão a ver "aquilo" (porque o casalinho se esqueceu de tirar aquilo do leitor) e a octagenária senhora dizer "Que maneira tão estranha de rechear um peru...".

Existem inclusivamente vários tipos de sex tapes.

- A sex tape Manuel de Oliveira. Aquela em que os gemidos são de tal forma intervalados que você pode tirar férias 15 dias na Nova Zelândia e voltar que ainda não se ouviu um piu quando você voltar.

- A sex tape Luciana Abreu. Aquela que envolve irmãs, sogras, vizinhas, GNR, Porches Panameras e motas de água. É o fim do mundo, carago!!!

- A sex tape Coelho. Aquela em que ainda antes de acontecer já sabemos que estamos completamente f*didos...

- A sex tape Fanny e entidade paternal. Aquela em que (graças a deus!!!) nunca se vê a fronha dos envolvidos e existe a probabilidade de haver bigodes à Hitler envolvidos.

Sex tapes? Completamente a favor. Nem que seja por me ter proporcionado tópico para voltar a escrever um texto razoavelmente digno!